tatuagens dentro 0701
 

Para realizar intervenções na pele do tipo piercings e tatuagens, é preciso ter alguns cuidados que, se não observados – especialmente nos primeiros dias – , podem acarretar alergias e infecções, prejudicando a cicatrização e podendo, até, interferir no resultado final.

Para minimizar os riscos de complicações, Anelisa Baungartner Lamberti seleciona algumas dicas para as pessoas que desejam aplicar um piercing ou fazer uma tatuagem.

– manter a tatuagem sempre limpa
É importante lavar o local com água fria ou morna e usar sabão neutro, sem esfregar a região. Evitar água muito quente e banhos muito demorados e, na sequência, enxugar bem, com toalha macia. Sobre as tatuagens, o ideal é passar uma camada fina de pomada antibiótica, à base de Neomicina+Bacitracina (Nebacetin®), sempre com orientação médica.

– evitar exposição ao sol
Manter a área recém-tatuada longe do sol. É importante protegê-la com roupas e usar protetor solar. O sol pode deixar manchas indesejáveis.

– fazer curativo
O recomendado é deixar a tatuagem protegida durante os três ou quatro primeiros dias. Após este período, o ideal é apenas passar uma pomada antibiótica, à base de Neomicina+Bacitracina, sempre com orientação médica, até que o processo de cicatrização esteja completo.

– não retirar as casquinhas
Não friccionar o local nem remover as casquinhas, deixando que caiam naturalmente.

– hidratar a região tatuada
Aplicar um hidratante neutro várias vezes ao dia na pele que está se recuperando.

– para piercings (exceto na região da boca)
Lavar o local com sabonete antisséptico, movendo suavemente a peça, e depois usar um spray antisséptico como Neba-Sept, ou soro fisiológico, duas ou três vezes ao dia, durante ao menos três meses.
As casquinhas vão cair naturalmente durante o processo de higienização do local; lavar com sabonete e secar bem com cotonete. Não remover casquinhas, mesmo quando elas estiverem secas (isto pode prejudicar o processo de cicatrização).