Após análise dos jurados e atribuição de notas a todos os competidores, foi eleita, no Theatro Vasques, a Corte Carnavalesca de 2013
Após análise dos jurados e atribuição de notas a todos os competidores, foi eleita, no Theatro Vasques, a Corte Carnavalesca de 2013

 

Centenas de pessoas, em especial membros de escolas de samba e suas respectivas comunidades, lotaram o Theatro Vasques na noite desta quarta-feira (30) para a eleição da Corte Carnavalesca de 2013. O evento, que durou três horas, consagrou Osmar Claudio Brandão como Rei Momo do Carnaval de 2013 e Luciana Augusta Firmino Vilar como rainha. Kátia Fernanda da Silva ficou em segundo lugar na classificação geral, sendo eleita como 1ª princesa, e Franciane Paulino dos Santos foi selecionada pelos jurados para o posto de segunda princesa.
Assim constituiu-se a corte deste ano, que deve percorrer, ao longo dos próximos dias, as quadras das escolas de samba da cidade. Brandão já havia sido Rei Momo no Carnaval de 2012, portanto assume a Corte pelo segundo ano consecutivo. Já Luciana estreia no papel de rainha do Carnaval, muito embora já tenha experiência com desfiles pela sua escola, Águia de Prata, em que é rainha de bateria. Franciane, que oficialmente desfila pela Estação Primeira de Brás Cubas, foi rainha da Corte em 2012. Já Kátia representa a Unidos da Vila Cléo há alguns anos na avenida.
Ao todo, foram quatro homens disputando o cargo de Rei Momo. Inicialmente eram cinco, porém um dos inscritos, Álvaro Cunha Corrêa, desistiu da competição. Já para o posto de rainha eram 12 mulheres tentando. Os jurados, Daniela Stanguini, Sandrinha Sargenteli e Leando Marcian, avaliaram todos os competidores nos quesitos elegância, simpatia, estética corporal, samba no pé e comunicação. Rei Momo e Rainha ganharão prêmios no valor de R$ 1.200,00 cada, enquanto que as princesas recebem R$ 800,00 cada.