Equipes visitam as casas mogianas em busca de focos do mosquito
Equipes visitam as casas mogianas em busca de focos do mosquito

 

O número de casos de dengue caiu 70% no ano passado. De janeiro a dezembro de 2012 foram registradas três ocorrências da doença – uma autóctone e duas importadas – contra 10 registros computados em 2011. Apesar da queda, os cuidados devem ser mantidos e até mesmo intensificados neste período de calor e chuvas intensas, que formam um cenário propício para a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Nas visitas de rotina aos imóveis na cidade, a equipe do Núcleo de Controle da Dengue da Secretaria Municipal de Saúde tem orientado a população sobre a prevenção. “A principal orientação é para que os munícipes redobrem os cuidados com relação a qualquer reservatório ou material que possa acumular água, como vasos, pneus, caixas e calhas. Aliás, a verificação e manutenção das calhas são de extrema importância”, explica o veterinário Jéfferson Renan de Araújo Leite. Enquanto o Núcleo de Controle da Dengue realiza vistorias e orienta os proprietários adotarem medidas para eliminação do mosquito, a Vigilância Epidemiológica faz a vigilância da doença e recebe as notificações dos casos suspeitos enviadas pelos hospitais e postos de saúde.

No início desta semana, o departamento enviou um novo fluxo de atendimento às unidades de saúde da Rede Básica, reforçando o alerta para os principais sintomas que são: febre, dores pelo corpo, dor de cabeça, dor nas articulações, fraqueza e, eventualmente, machas avermelhadas pelo corpo.
Confira algumas dicas de prevenção à dengue

• Não acumule materiais desnecessários e sem uso. Se forem destinados à reciclagem, guarde-os em local coberto e abrigado da chuva.
• Trate a piscina com cloro. Se ela não estiver em uso, esvazie-a completamente. Mantenha lagos, cascatas ou espelhos sempre limpos ou crie peixes que se alimentem de larvas.
• Entregue pneus velhos para reciclagem ou guarde-os, sem água, em locais cobertos.
• Verifique se os ralos da casa não estão entupidos. Limpe-os pelo menos uma vez por semana e, se não os estiver usando, deixe-os fechados.
• Guarde as garrafas, baldes ou latas vazias de cabeça para baixo.
• Lave com escova e sabão as vasilhas de água e comida de seus animais.
• Retire a água da bandeja externa da geladeira e lave a bandeja com sabão.
• Não deixe acumular água na parte debaixo das torneiras de bebedouros e filtros de água.