asteróide dentro 1402

Um asteróide da série Apollo (que penetra o interior da órbita da Terra em torno do Sol), de 45 m de diâmetro, faz passagem rasante – em termos astronômicos – à Terra amanhã (15), mas sem risco de colisão.

O 2012 DA14 penetrará o chamado anel geostacionário, região do espaço onde orbitam satélites de comunicação, e não será visível a olho nu. Mesmo com instrumentos (binóculo e telescópios) a observação será desafiadora, em especial devido à velocidade.

Um número significativo de asteróides de pequeno porte – alguns até maiores que o 2012 DA14 – tem órbitas que os aproximam da Terra, mas nenhum deles costuma se aproximar tanto do planeta quanto o corpo que nos visita amanhã.