Acordo nesta terça, para variar, cedo, lépido, me preparando para mais um dia de trabalho, e a primeira coisa que faço, como de costume, é sentar ao computador para redigir o primeiro texto, a reflexão, a  análise dos fatos mais interessantes. Gosto do que faço,  observar a vida em sociedade, e dela extrair o que há de melhor, compartilhando, sempre, como faço agora. Ontem, recebi a melhor notícia deste início de ano. Plantei bem e a colheita se revela muito boa. O amigo, Pedro Henrique Silveira,  para quem enviei o Midiakit da Feijoada do Willy 2018, me comunicou que a XP Investimentos vai apresentar o evento que  alinhavo com um carinho enorme, na frente da camiseta, em cima da arte criada por Marco Martins. E faço isso  com mais profissionalismo, com o apoio da Dotstore/Boigy.com de Felipe Martins, que nesta quinta estará ao meu lado na reunião que o Caderno W promoverá no Espaço Gourmet da loja Arrumando a Casa para a apresentação a amigos e parceiros, do Midiakit, com comidinha gostosa preparada pelo mestre Adan Garcia, do Leitão com Gravata, e com cerveja Itaipava,  a marca que  prestigia o happening mais aguardado do primeiro semestre  há uns 18 anos. É para estar feliz ou não com essa notícia? Confesso, estou radiante. E com a XP Investimentos, na pole position, dou o start, em grande estilo, na badalação que se forma a partir de agora no Caderno W, impresso e digital, em torno da Feijoada do Willy 2018, cuja camiseta, que fica pronta em meados de março, o passaporte de entrada no restaurante Mirante do Paraíba na tarde do dia 26 de maio, se tornará objeto de desejo. Trabalho neste sentido. Quem viver, verá.