E o frio pelo jeito chegou para ficar. Olha que ainda estamos no outono. A Feijoada do Willy passou, foi um sucesso, e agora só tenho olhos para a comemoração do meu aniversário. Desde que me tornei colunista social comemoro a idade nova…rs…cada dia mais velha…rs…sempre no final de junho. A primeira celebração em Mogi ocorreu em 1976 e de lá para cá celebro o meu aniversário, cada ano em um lugar. Confesso, que de cabeça não saberia enumerar todos. O tempo se encarrega de “anestesiar” as lembranças…rs…Adoro festas, e não sou colunista social à toa. Já realizei mais de 100.

Na sintonia da comemoração dos 44 anos de trabalho, que já começo a articular, que se renova a cada ano, para me manter no podium como formador de opinião, celebro os meus bem vividos 69 anos reunindo amigos na loja Arrumando a Casa no dia 27 de junho para um jantar. O convite ficou pronto,  convido os que faço questão que estejam comigo celebrando a vida, e Manira colabora na entrega do mesmo.

Alinhavo a comemoração com o maior carinho, com o sentimento de Gratidão à flor da pele. Afinal de contas, só tenho a agradecer a Deus por mais um ano de vida, chegando aos 69, com saúde e disposição para o trabalho, que se consolida com cada vez mais consciência, revelando que é essencial em minha existência. Sentir-me útil é uma sensação restauradora, e cultivo a joie de vivre.

Quarta-feira, almocei em casa, e depois segui para a cidade. Como costumo fazer diariamente, para cumprir a agenda, passei na Nadia Conceito, hoje lá tem agito fashion para celebrar o Dia dos Namorados, das 18 as 22 horas, e no inicio da noite retornei novamente à quermesse da Festa do Divino Espírito Santo, tracei um afogado, que está muito bom,  estive lá no primeiro dia, passei na segunda, fui a barraca da Galinhada, experimentei o prato preparado pelo Clidão, muito bom, e revi a Mara Bertaiolli e Maria Helena, voluntárias. Os primeiros dias desta semana rolaram bem tranquilos, no domingo choveu, e o que pude perceber é que nesta quarta o movimento havia crescido e pelo jeito bomba hoje,  sexta, sábado e domingo. É um programa gostoso. Acabo sempre encontrando amigos e com eles me confraternizando. Ontem, no espaço do afogado revi a Leda e Marcos Borenstein,  e trocamos figurinhas.

Como não poderia deixar de ser, passei pelo espaço dedicado aos artistas, e revi a Sandra Lopes, Drix Pires e AnaMarb compartilhando os seus trabalhos e, é claro, as registrei para o Caderno W.

AnaMarb
AnaMarb
Drix Pires
Drix Pires
Sandra Lopes
Sandra Lopes

A quinta amanhece fria, o sol aparece, e vamos ter, com certeza, um lindo dia em Mogi das Cruzes. Aqui na Shalom a natureza tem sido a minha melhor terapia, pelo simples fato de percebê-la ao redor, exuberante, com os devidos agradecimentos ao Criador por esse privilégio. E nessa vibe desejo uma feliz quinta a todos.