Quando decidi empreender o desafio de produzir o livro W Crônica de um Tempo, no final de 2010, aliás, um trabalho que no início aliviou e muito a dor da perda de meus pais, sabia que o mesmo seria cumprido dentro de minhas expectativas.  No início de 2012, Robson Regato topou participar do projeto como editor executivo e desde então somamos horas, dias, semanas e meses de dedicação resultando em uma obra que está pronta para ir para a gráfica. Adelaide Gomes, minha sócia no Caderno W, participa do projeto e nesta quarta-feira mandou-me um recado dizendo que faltam apenas alguns dias para o meu sonho se tornar realidade. E acompanho tudo à distância confiando plenamente no trabalho de uma equipe afinada com o profissionalismo. Manira Andery faz contato com todos aqueles que estão no livro- mais de 4000 fotos o ilustram-para que reservem um exemplar e participem da noite de lançamento que irá ocorrer no dia 20 de agosto no Cemforpe. E  faço o que posso de Paris, que é despertar a atenção dos amigos para uma obra relevante, compartilhando páginas do livro. As mulheres ocupam, sem dúvida, um lugar de destaque em minha trajetória de colunista social, e por isso são lembradas com carinho. Mais uma, mélange, de mulheres notáveis, revela a categoria do W Crônica de um Tempo. (WD)

Mulheres que admiro
Mulheres que admiro