Mirian Freire não passou despercebida na festa do Caderno W. Elegante, classuda, prestigiou o evento em companhia do marido Plínio, dos sogros, Judith e Armindo e dos filhos. A família Freire constará em destaque no livro W Crônica de um Tempo e o Caderno W a homenageou com o troféu Itapeti. Conheci Judith e Armindo logo que cheguei em Mogi das Cruzes para trabalhar como cabeleireiro e nos tornamos amigos. O casal vive em Guararema onde é muito querido. No livro W Crônica de um Tempo registro o casamento de Miriam e Plínio. O Plínio é um dos homens mais bem educados que conheço. Aliás, um filho, marido e pai admirável

Mirian Freire