Adoro fazer o que faço. Que é registrar os fatos mais relevantes de uma sociedade. E estou nesse mister há quase 43 anos, desenvolvendo-o com a maior satisfação, com a compreensão de que é uma missão. E a cumpro em grande estilo…rs…Quando em 2003 decidi  encerrar o ciclo como cabeleireiro e me dedicar de corpo e alma à comunicação, intuitivamente, não poderia imaginar por tudo que passaria, principalmente nos últimos 2 anos, para aportar em 2018 contabilizando conquistas, me realizando, me valorizando como profissional, dando corda ao meu trabalho, pioneiro na mídia digital, enfim, consolidando um estilo de ver e registrar os fatos, forjado pelo bom gosto, elegância e civilidade, tornando-se uma marca registrada. E como tal, posso me dar ao luxo de homenagear, de acarinhar- já o fiz pelo Insta e Face- um amigo muito querido, o estilista José Vitor Zerbinato, cuja trajetória acompanho desde o início. Temos dezenas de histórias em comum. Bons momentos. Respaldado neles destaco um dos mais recentes, a homenagem que lhe prestei na festa dos 42 anos, com o troféu Caderno W,  no Club Med Lake Paradise que foi, é claro, extensivo a sua sempre elegante irmã, Isabel, que é o seu braço direito na administração da VZ, que evolui com  sucesso no mundo da moda e já com um pé internacional, participando há algumas temporadas da famosa Tranoi, em Paris, vestindo celebridades como Sharon Stone, enfim, polarizando as atenções, inclusive de nossas estrelas. É o queridinho do momento. A tal ponto, de na próxima terça-feira abrir a primeira loja da VZ em território paulistano, mais precisamente na rua Harmonia, na Vila Madalena. Confesso, estou muito feliz com o brilho que o Vitinho, como chamo carinhosamente o José Vitor, vem obtendo, fruto, sem dúvida, de seu talento, de sua determinação e de uma boa assessoria, sendo finalmente reconhecido como merece, alcançando  o podium como estilista. Parabéns, piracicabano de nascimento e mogiano de coração, onde constrói a sua história no universo da moda. Nós, mogianos nos  orgulhamos de você. Portanto,  esse holofote é mais do que merecido.

A Festa Willy | 42 anos