O meu domingo rolou descontraído, agradável. Encontrei com a amiga, Ucha Castanho e fomos ao Varejão da Cobal, que é sempre um programa gostoso. Adoro. Porque além de comprar frutas, verduras, flores, se pode comer  um pastel, há boas barracas, como a da dona Rosa, um temaki, no Tadao, ou outros tipos de comidas que são comercializadas em barracas. Onde costumo parar e permanecer  pelo menos um hora, é na La Barraca, de Dalva e Alfredo Palência, adoro prosear com eles, e provar as delícias que preparam, bacalhoada, paella, galinhada e arroz de braga e a imbatível pamonha no caeté.  Há algumas semanas a La Barraca foi ampliada e conta agora com um espaço com mesas onde se pode comer. E o melhor de tudo é que sempre encontro amigos e a confraternização ocorre espontaneamente. Encontrei a Isabel e o Deodato com o filho, Guilherme, um garoto bonito, simpático, esperto. O convidei para a foto e Isabel fez o registro que me enviou e compartilho com a maior satisfação. Um momento impar.

Willy e Guilherme
Willy e Guilherme