Colunista social que não tem festas para compartilhar tem mais é que recordar momentos vividos e devidamente celebrados. E recorro ao arquivo, implacável, na busca das boas lembranças e assim gero uma efervescência, do tipo, que descontrai e permite um relax emocional. Passeando os olhos pela comemoração dos meus 41 anos de colunismo, realizada no La Vince, em 2016, chama a  atenção as fotos dos amigos que foram até a cabine de fotos da TPA para se descontrair e seleciono uma pá delas para a Galeria da saudade. E abro com a da Mirian Freire, com os filhos, Juliana e Guilherme, o genro Bruno e a nora Paula. Recordar é viver.