A amiga e afilhada de casamento, Aurea, a Aurinha como sempre a chamo carinhosamente, e Paulo Sawaya, que hoje estão passeando em Roma, em foto de arquivo, acho que nessa época eram noivos, deve ter uns 30 anos pelo menos. O traje era de festa. O bons tempos das festas que ocorriam em Santos e das quais participei. Recordar é viver

Aurinha e Paulo
Aurinha e Paulo