Nem só de notícias alegres vive o Caderno W. Como acordo cedo, logo que ligo o celular vejo o Sidemir Carlos Inácio, noticiando o falecimento do irmão, Silas Odilon Ignácio, na rede social. Uma notícia triste.

E voltei no tempo a 1995, ao casamento de Silas com Ana Paula no Buffet La Luneli, em Biritiba Ussu. Uma data marcante para mim, pois foi lá que encontrei o proprietário da JR Imóveis, que me vendeu a chácara onde moro há mais de 20 anos. Boa lembrança para atenuar a tristeza. Sempre conto essa história aos amigos quando falo da Shalom. Lembro do casamento.

O velório ocorre nesta terça-feira (29/1), no Cristo Redentor e o enterro às 15 horas, no Cemitério São Salvador. Aos irmãos de Silas, Sidemir, Sueli, Sinival e Sidnei; à mulher, Ana Paula, e aos filhos, Enzo, Rafael e Isadora, os meus mais sinceros pêsames. Um momento difícil que só mesmo a fé em Deus auxilia na compreensão de que cada um tem o seu momento de partida. E que o amor prevalece e conforta. Quem já perdeu, fisicamente, entes queridos, familiares e amigos, sabe o quanto é dolorido. Dor não se explica, se sente. E cada um tem a sua. E aí entra em cena, o respeito e a solidariedade.