Tudo ocorre em seu devido tempo. A produção da festa dos meus 44 anos de colunismo social continua sendo alinhavada com carinho, o convite ficou pronto, e agora começo a entrega-lo aos amigos imprescindíveis para que estejam comigo na noite do dia 29 de novembro, no La Vince celebrando a alegria de viver e conviver em sociedade, com bom gosto, elegância e civilidade, com a boa música da Bandit e os comes e bebes by Sintese do Sabor. O quesito decoração resolvo na próxima terça com  a participação de Messias Venturine, tendo como mote a homenagem que o Caderno W vai prestar ao estilista José Vitor Zerbinato, portanto, a imagino fashion , na entrada,  e sofisticada no salão.

Retornando da praia de Juquehy, bem energizado, desfrutei momentos  agradáveis em companhia de amigos queridos, fui hospede de Isabel e Osni Sanchez, e comemorei os bem vividos 54 anos de José Vitor Zerbinato, do amanhecer ao anoitecer de sábado, com muitos brindes, celebrando uma amizade de 32 anos. E nessa vibe, de alto astral, evoco os bons fluidos da comemoração do ano passado, no Clube de Campo, que foi prestigiada pelo Luiz Bacci, um amigo querido, que conheci menino e cuja carreira na televisão acompanho desde o início, sempre torcendo pelo seu sucesso, com esta foto,nas boas companhias de Luiz Bacci e o deputado federal, Marco Bertaiolli. Pois bem, postei no Insta e Face, que tem sido as vitrines do Caderno W, uma foto sua, bonito, e contei a história de como o conheci, e aproveitei a oportunidade, com carinho, para convidá-lo para a edição deste ano. E recebi a seguinte resposta: “ Vc é parte de toda nossa historia! Estarei lá.” Não é nem preciso dizer que fiquei feliz. A festa deste ano rola sobre carreteis e aos poucos vai se consolidando pautada pela boa energia dos amigos que confirmam presença. A receptividade é perceptivel. Satisfatória.