ana paula2A empresária Ana Paula Proença Albergaria é casada com Ricardo Albergaria e mãe de Bárbara, Manu e Isadora. Há oito anos ela comanda o Donna Villa´s Bar Itaipava, em Mogi das Cruzes. Confira na entrevista:

Caderno W: Como surgiu o Dona Villa´s Bar Itaipava?

Ana Paula Proença Albergaria: O local foi idealizado para suprir a necessidade de um local onde pudéssemos apreciar cervejas do mundo todo, além da nossa marca. O Dona Villa’s Bar Itaipava também é uma vitrine para os produtos da cervejaria Petrópolis.

Caderno W: Como você descreve o badalado endereço?

Ana Paula Proença Albergaria: Ele tem um formato de Pub. Servimos porções variadas e temos uma programação musical com a apresentação de bandas de rock, que garantem a diversão do nosso público sempre aos fins de semana. De segunda-feira a sábado, o Dona Villa´s abre a partir das 17 horas.

Ricardo e Ana Paula com as filhas Bárbara, Manu e Isadora
Ricardo e Ana Paula com as filhas Bárbara, Manu e Isadora

Caderno W: E qual será a comemoração para festejar os 8 anos de Dona Villa´s?

Ana Paula Proença Albergaria: Como abril é um mês festivo, claro que não podemos deixar de comemorar. Afinal, são oito anos de muita batalha. Estaremos com várias ofertas e promoções, além de degustação dos produtos da cervejaria Petrópolis. Mas, especialmente, no dia 15 de abril, uma sexta-feira, vamos realizar a nossa tradicional festa de aniversário. Neste ano, teremos a presença da afamada Dupla 42 e do DJ Felix nas pick-ups. Também vamos ter sorteio de brindes e badalação a noite toda, claro!

Caderno W: Ana Paula, como é a sua rotina, o seu dia a dia, entre os negócios e a vida familiar?

Ana Paula Proença Albergaria: Eu trabalho todos os dias. Estou à frente dos negócios mesmo. Posso contar com um grande colaborador, o Paulinho, que faz toda a diferença no atendimento aos clientes. Mas, hoje em dia, dedico a maior parte do meu tempo à minha família, às minhas três filhas e ao meu marido.

rico7Caderno W: Como você avalia a noite mogiana? 

Ana Paula Proença Albergaria: Eu acredito que a noite mogiana já foi mais agitada. Atualmente, faz falta uma bela casa de shows ou até mesmo uma danceteria mais elegante. Não se pode negar, contudo, que hoje em dia a cidade conta com bons atrativos, como os bares e restaurantes. Mas ainda penso que Mogi muito para se desenvolver. Talvez, se tivéssemos uma Secretária de Turismo mais atuante, quem sabe pudéssemos fomentar o turismo e agregar ao nosso segmento.

Caderno W: O seu marido, Ricardo Albergaria, está há tanto tempo na Itaipava. Como é para vocês terem o nome de vocês ligados a uma empresa tão séria e consolidada na Cidade? 

Ana Paula Proença Albergaria: Sim, o meu marido está à frente da distribuição da cervejaria Petrópolis há muitos anos, o que para nós é um grande orgulho! O sucesso se deve ao trabalho desenvolvido por ele e sua equipe, sempre pensando em fidelizar o seu cliente. A cerveja Itaipava ocupa um lugar significativo no ranking das melhores cervejas do Brasil.

anapaula1Caderno W: Bom, nem só de trabalho vive a Ana Paula. O que você gosta de fazer, quando está de folga?

Ana Paula Proença Albergaria: Nos dias de folga estamos sempre em família, seja na praia, no campo ou mergulhando (risos). No momento, por exemplo, tiramos alguns dias de descanso, aproveitando o feriado da Semana Santa, e estamos mergulhando em Curaçao [Ilha no mar do Caribe]. Mergulhar é uma atividade que nos fascina. A paz dos oceanos e da vida subaquática nos fortalece cada vez mais.

Caderno W: Ana Paula, você tem preguiça de… 

Ana Paula Proença Albergaria: … eu tenho muita preguiça de gente chata (risos).

Caderno W: O que mais te deixa mais feliz?

Ana Paula Proença Albergaria: O que mais me deixa feliz é estar com o meu marido e as minhas filhas. Eles formam a família que eu amo tanto, eles são a razão de tudo para mim.

Caderno W: O que espera para este ano de 2016?

Ana Paula Proença Albergaria: A nossa expectativa, e acredito que seja a de todo brasileiro, é a de um Brasil mais justo e menos corrupto. Assim seria bem mais fácil de trabalhar e educar os nossos filhos.