Continuo passeando os olhos pelo meu implacável arquivo fotográfico e me emociono ao recordar a festas, sem dúvida, com o glamour da época,  revendo amigos que já não se encontram mais neste plano e foram relevantes em minha trajetória de colunista social. Amigos dos quais tenho saudade. Suas famílias, filhos e netos, com certeza, vão se emocionar também com os registros que compartilho em Galeria da saudade, a XXV.

O colega e amigo, o saudoso,  Mutso Yoshizawa e eu, realizamos ao longo dos anos inúmeras festas black tie, memoráveis como a que compartilho nesta edição, do inicio dos Anos 80, mais chic impossível, numa época que não se tinha muitos recursos em decoração. As mesas do salão do Clube de Campo eram para quatro pessoas. As redondas de 10 lugares vieram mais tarde. Celebrando a vida em sociedade com bom gosto e elegância. Como tem que ser, evocando os  bons fluidos para a festa dos    44 anos que  alinhavo com o maior carinho respaldado nas boas lembranças da vida em sociedade, da qual, sem falsa modéstia, sou o cronista mor. Gerando um gostoso clima de expectativa em torno do evento, no dia 22 de novembro,  no La Vince, onde em 2016 realizei a memorável festa dos 41 anos com homenagem especial ao estilista Fran Carvalho. Este ano, adianto, teremos algo semelhante. Depois eu conto quem será o special guest.