A sexta-feira, 26 de julho, feriado em Mogi das Cruzes, dia de Santana, a avó materna de Jesus Cristo, rola ensolarado.  Um lindo dia. Almoço em casa e aproveito para trabalhar um pouco, e faço uma coisa que tem me rendido muita satisfação, dar corda as boas lembranças abrindo o arquivo fotográfico que em novembro próximo completa 44 anos. É muita história.

Produzindo o meu terceiro livro, agora, o de Mémórias, “ Tô Lembrando” que sai do formato tradicional pretendendo oferecer  uma leitura mais leve, composta de histórias que coleciono ao longo de uma existência e que estão sendo devidamente selecionadas. Histórias leves envolvendo, é claro, os amigos conquistados e cultivados ao longo dos anos. Sem eles eu não existiria…rs…

No dia 22 de novembro próximo, no La Vince, se Deus quiser, e Ele quer, realizo a comemoração dos meus 44 anos de colunismo social com a participação dos amigos com os quais venho me inteirando, me lapidando como profissional, em todos os momentos. Tenho respaldo para isso, histórias vividas  celebradas, relevantes nos momentos em que ocorreram e por mim devidamente registradas.

Escolhi a foto, abaixo, que deve repercutir em sociedade, porque os moços são conhecidos, das décadas de 70 e 80, um deles já falecido, o José Xisto Mendes, os outros, Kury Kleindienst, Pete França e Pedro Salustiano  para abrir a Galeria da saudade ( IX ). Recordar é viver. Resgatar os bons momentos tem sido uma gostosa terapia.

Xisto, Cury, Pete e Pedro