Confesso, estou ficando velho, chegando aos 69…rs… fisicamente, sim, mas mentalmente me sinto com 40 anos…rs…, gostaria de ter a juventude dos 40 e a experiência dos quase 70 e viveria com certeza bem melhor…rs…

A maturidade chega e com a consciência de que o tempo passa muito rápido e que quando percebemos,  ele já se foi, portanto, a longevidade é um privilegio, sem dúvida, mais seletivo em todos os sentidos. Não consigo mais desperdiçar o meu precioso tempo. Assisto cada vez menos televisão, noticiário pela manhã e a noite para não ficar desinformado…rs… e basta. Graças ao controle remoto simplesmente mudo de casal, sintonizo o de música, e me deleito ouvindo, agora, por exemplo, 19h42, noite de domingo, uma seleção gostosa de músicas dos Anos 70, que eu desfrutei tão intensamente, tempo de La Bouche, Kanguru, Dragão, 433, Skina Triplex, só para citar alguns dos endereços onde rolaram as melhores baladas no final dos Anos 70 e início dos 80. Bons tempos. Televisão emburrece…rs…

Há quase 44 anos observando a vida em sociedade e compartilhando os seus melhores momentos. Como tenho um arquivo fotográfico implacável, digitalizado, é nele que vou sempre buscar registros a fim de dar corda as boas lembranças. Passeio os olhos pelas fotografias e viajo no tempo com a maior satisfação. Recordar realmente é viver de novo o momento. Eu sempre tenho essa sensação.

As vezes não é preciso voltar tanto tempo no tempo. Olha esta foto que selecionei, tem alguns anos, não sei precisar quantos…rs…estou bem na fita e em ótimas companhias. E com ela desejo a todos os leitores uma semana de realizações.

Olha eu, feliz, em companhia de Adélia, Angela, ao fundo, a cabeça da saudosa Hildete, Fanny, Vera e Nádia. Bons tempos´

No momento curto a produção do meu aniversário, da celebração dos 69 anos, que ocorre na próxima quinta-feira na Arrumando a Casa, e cada detalhe é visto com muito carinho. Quero desfrutar uma noite devidamente energizada pelo carinho dos amigos que comparecerem, com o sentimento de gratidão à flor da pele. Celebrando a vida. Vivendo o presente.